7 motivos para consumir mais pipoca

Basta ouvir o barulhinho de pipoca estourando para já dar água na boca? Muita gente ainda não sabe, mas se até há algum tempo ela logo lembrava filme e cinema, agora cada vez mais a pipoca está relacionada à saúde.

Conhecida pelos nativos americanos desde muito antes da chegada dos europeus, a pipoca é riquíssima em nutrientes – desde que preparada da forma correta. Veja agora porque a pipoca faz tão bem à saúde e como prepará-la para aproveitar ao máximo todos os seus nutrientes.

Mais antioxidantes do que frutas e vegetais

 Polifenóis, fibras, vitaminas do complexo B, magnésio, manganês e uma quantidade tão grande de antioxidantes que chega a ser maior do que muitas frutas e hortaliças. Tudo isso cabe dentro do seu saquinho de pipoca e você nem imaginava.

Não acredita? Pois foi o que descobriu o PhD em Química Joe Vinson, da Universidade de Scranton (Pensilvânia). Para se ter uma ideia, segundo ele, quando você ingere pipoca está consumindo 13% dos 2g de quantidade diária ideal de polifenóis (um tipo de antioxidante), ou seja, 300 miligramas por porção de pipoca.

Isso é mais que o dobro do milho comum (114 miligramas) e bem mais que as frutas em geral, que têm cerca de 160 miligramas de polifenóis. Veja como isso influencia na sua saúde.

  1. Pipoca ajuda a prevenir o câncer

 Todos esses polifenóis acabam sendo grandes aliados na prevenção do câncer, principalmente quando a casquinha que é envolve o grão – aquela mesma que teima em grudar entre os dentes – é ingerida. Ela é ainda mais rica em antioxidantes e fibras, potencializando os efeitos da pipoca.

  1. Ajuda a combater as doenças cardíacas

 Antioxidantes são moléculas que ajudam a combater os radicais livres que causam oxidação nas células acelerando o envelhecimento e aumentando o risco de diversas doenças – principalmente as cardíacas.

Dessa forma, ao ingerir altas concentrações dos polifenóis, antioxidantes naturais encontrados na pipoca, você está reduzindo as chances de deformidade ou morte de células saudáveis de órgãos vitais do corpo humano como o coração, cérebro, pele e pulmões, por exemplo.

  1. Pipoca ajuda a manter a diabetes sob controle

Por outro lado, a pipoca também ajuda a controlar a diabetes por causa da grande quantidade de fibras. São elas que ajudam a regular os níveis de açúcar no sangue e a produção de insulina.

  1. Colabora para a perda de peso

 Também por conta da grande quantidade de fibras e por ser muito pouco calórica, a pipoca também ajuda a emagrecer, já que também inibe a produção do hormônio da fome, a grelina. Por outro lado, desde que feita da forma adequada, a pipoca é rica nos óleos naturais essenciais ao organismo.

  1. Ajuda a combater o envelhecimento precoce

 Os radicais livres também são os responsáveis pelo processo de envelhecimento e a degeneração dos órgãos, vitais ou não.

Portanto, como a pipoca é riquíssima em antioxidantes, que combatem os radicais livres, ao incluí-la na dieta você estará combatendo males como degeneração macular, cegueira, rugas, queda de cabelo, osteoporose, declínio cognitivo, doença de Alzheimer, manchas senis, fraqueza muscular e muitas outras doenças e problemas decorrentes da idade.

  1. Pipoca é fonte de energia

 Se você pratica musculação ou qualquer outro esporte ou atividade física e quer mais energia para potencializar seus treinos, vai encontrar na pipoca uma grande aliada.

Tiamina, a niacina e a vitamina B6 presentes no alimento ajudam a converter alimentos em energia.

A tiamina, também conhecida como vitamina B1, por exemplo, protege o sistema imunológico e ajuda a quebrar os carboidratos simples. Já a Niacina, ou vitamina B3, aumenta a concentração de colesterol bom no sangue, o HDL.

E a vitamina B6 é multifuncional, ajudando a prevenir doenças cardíacas, artrite e ainda colaborando para a produção de serotonina, a substância responsável pelo sono.

  1. É um ótimo snack para qualquer momento do dia

 Por ter poucas calorias e por ser rica em antioxidantes e fibras, a pipoca é, na verdade um excelente petisco para qualquer hora do dia. Para se ter uma ideia, um copo de pipoca tem cinco vezes menos calorias do que a mesma quantidade de batata frita – e ainda dá sensação de saciedade.

Descubra a maneira mais saudável de fazer pipoca

 Sim, pipoca é um alimento extremamente saudável, a não ser que você estrague tudo colocando sal e manteiga ou margarina – aí ela se transforma em uma verdadeira bomba calórica, totalmente prejudicial ao organismo por conta do sódio e da gordura.

A melhor forma de fazer a pipoca é sem gordura, na pipoqueira elétrica ou no saco de pão, por exemplo: basta colocar meia xícara de milho de pipoca em um saco de pão vazio e fechar enrolando as pontas. Coloque uma folha de papel-toalha embaixo do saco de pão e leve no microondas por 3 minutos.

Se quiser fazer na panela, troque o óleo por versões mais saudáveis, como o óleo de coco ou azeite de oliva. Mas coloque apenas o mínimo para a pipoca estourar.

Aproveite também as versões de pipoca natural, ideais para levar na bolsa e matar a fome a qualquer hora do dia. São saudáveis e não engordam.

Na Fast Nutri você encontra não só os melhores suplementos importados como muitos snacks e petiscos saudáveis como a pipoca. Venha dar uma olhada e aproveite as promoções!

Deixe uma resposta