Gasto calórico na musculação: como fazer render?

 Veja como aumentar o gasto calórico na musculação e perder peso ainda mais rapidamente, otimizando seus treinos!

Quando o assunto é emagrecer, não tem jeito: a maioria das pessoas acaba esperando um milagre, mesmo quando sabe que o caminho é malhar e só abrir a boca para os alimentos certos.

Ainda assim, fica a expectativa de que haja uma forma de acelerar o processo e conseguir resultados mais rápidos. A boa notícia é que há, sim, formas de aumentar o gasto calórico na musculação através de estratégias que aceleram o metabolismo.

Fique com a gente e veja como melhorar ainda mais o seu treino!

Por que aumentar o gasto calórico na musculação?

Para emagrecer, claro – mas não é só isso. Acontece que o gasto calórico é um ótimo marcador de intensidade de treino, então mesmo para quem não está pensando em emagrecer, o seu aumento pode ser importante.

Isso porque o gasto calórico está diretamente relacionado à necessidade de produção de energia. Ou seja, para aumentar o gasto calórico, é preciso aumentar também a produção de energia, controlando a intensidade e o volume do treino de forma estratégica.

Como aumentar o gasto calórico através da cadência dos movimentos

A velocidade com que fazemos a repetição dos movimentos, influencia diretamente no gasto calórico. Nas cadências mais rápidas, por exemplo, há necessidade de contrações mais rápidas que, por sua vez, precisam de mais energia.

Nesse caso, as vias energéticas que são mais rapidamente esgotadas são a creatina quinase, a glicose e ATP. No entanto, as cadências mais rápidas devem ser evitadas por quem está iniciando porque pode causar lesões nas articulações.

Já as cadências mais lentas, por sua vez, também demandam mais geração de energia porque há maior necessidade de controle, tanto na fase excêntrica quanto concêntrica. Como há maior necessidade de estabilização do movimento, há mais unidades motoras envolvidas, gerando mais gasto de energia.

É preciso encontrar o tempo certo de cada um, mas de uma forma geral, é possível aumentar o gasto calórico na musculação segurando o movimento na transição entre a fase excêntrica e concêntrica na cadência lenta.

Assim aumentam a intensidade do movimento e a geração de energia.

Aumente o gasto calórico reduzindo o intervalo entre as séries

Você sabia que um dos fatores que mais impacta o gasto calórico é o intervalo entre as séries? É preciso descansar entre as séries para que os substratos energéticos tenham tempo de uma regeneração pelo menos parcial da creatina quinase, por exemplo.

No, entanto, é possível manipular esse intervalo, para algo em torno de 20 a 30 segundos, para obrigarmos o corpo a usar mais reservas energéticas – e assim aumentar o gasto calórico.

Mas lembre-se, a musculação não é uma atividade aeróbica, ela precisa ser intermitente para haver resultados. A questão é não alongar o intervalo de descanso para além de 30 segundos.

Mais repetições, mais gasto calórico

 Outra forma de aumentar o gasto calórico na musculação é simplesmente fazendo mais repetições de cada exercício. Só que há várias técnicas para fazer isso, métodos como o drop-set, rest-pause e tri-set, mas eles devem ser conversados e orientados pelo seu professor.

Isso porque a intensidade é inversamente proporcional ao volume, então, para que o reino seja mais intenso, é preciso encontrar um equilíbrio para cada caso. Cada vez que o número de repetições for ajustado, deve ser ajustada também a intensidade, para mais ou para menos.

Da mesma forma, aumentar a carga também acarreta em aumento do gasto calórico, mas isso deve ser feito de forma responsável. Lembre-se que a carga deve oferecer dificuldade, mas não pode prejudicar a execução do exercício. Assim aumenta a necessidade de energia, mas não há prejuízo para as articulações.

Aumente o gasto calórico acelerando o metabolismo com suplementos

Os suplementos também são uma excelente forma de aumentar o gasto calórico através da aceleração do metabolismo. Todo mundo sabe que não basta a musculação para perder peso, é preciso que ela seja acompanhada por uma alimentação saudável e balanceada.

Por outro lado, quando seu organismo te uma termogênese rápida e eficiente há maior gasto calórico. Os suplementos termogênicos fazem exatamente isso, aceleram o metabolismo intensificando a carga de energia e ainda evitando a fadiga do músculo.

Ao aumentar o efeito termogênico você aumenta o gasto calórico e maximiza os efeitos da musculação.

Converse com seu nutricionista sobre a possibilidade de incluir a suplementação adequada na sua dieta.

Mas lembre-se: compre apenas suplementos de qualidade comprovada. A Fast Nutri tem os melhores produtos importados e tem sempre promoções imperdíveis. Venha conhecer!

Deixe uma resposta