Óleo de Coco ou MCT: qual a diferença?

Com certeza você já ouviu falar em Óleo MCT e óleo de coco, mas sabe a diferença entre eles? Descubra por que MCT é uma verdadeira máquina de queimar gorduras!

Quem pratica esportes com certeza já ouviu falar da novidade, afinal o Óleo MCT é o novo queridinho do mundo fitness. Alardeado como uma verdadeira máquina de aceleração do metabolismo por atletas e treinadores, muita gente confunde o MCT com óleo de coco.

Mas será que há diferença entre ambos? Será que o MCT é mesmo isso tudo o que dizem? Confira agora o que cada óleo é e por que o Óleo MCT oferece resultados tão bons quando o assunto é queima de gordura!

Óleo MCT e óleo de coco são a mesma coisa?

 Apesar do que muitos pensam, o Óleo MCT é uma espécie de derivado do óleo de coco, mas eles não são a mesma coisa. Mas para você compreender como ele surgiu, primeiro é interessante saber o que ele significa.

A sigla MCT corresponde a Medium Chain Triglycerides em inglês – ou, simplesmente, Triglicerídeos de Cadeia Média (TCM).

O óleo de coco, por sua vez, é considerado benéfico ao organismo justamente por conter triglicerídeos de cadeia média, que aceleram o metabolismo favorecendo a perda de peso e promovem mais energia.

Só que o óleo de coco também é composto por triglicerídeos de cadeia longa (TCL) cujo impacto no organismo é negativo. Eles retardam a digestão e acabam favorecendo o acúmulo de células adiposas, as células de gordura. A ideia, então, foi criar um produto retirando os TCLs da equação.

Assim, o Óleo MCT foi desenvolvido como um óleo sintético criado a partir do óleo de coco, mas sem os TCLs.

Suas propriedade benéficas ficaram então otimizadas, ainda mais com incremento dos triglicerídeos de cadeia média oriundos do óleo de palma, comumente usado na sua produção.

Dessa forma, o Óleo MCT geralmente tem cerca de 7 vezes mais concentração dos ácidos caprílico e cáprico do que o óleo de coco puro.

Fornecimento de energia e queima de gordura rápidos

 O Óleo MCT, então, é um líquido amarelo claro, translúcido e inodoro. Ele é formado principalmente por ácidos graxos caprílicos (ácido octanóico, encontrado no leite materno e no coco) e cáprico (ácido decanóico, encontrado no coco, manteiga e carne bovina).

O que acontece é que quando o Óleo MCT é metabolizado, ele se comporta mais como um carboidrato (combustível preferencial do organismo) do que como uma gordura.

Ao contrário das outras gorduras, ele não passa pelo sistema linfático, por exemplo, sendo levado diretamente para o fígado. Lá ele é metabolizado, criando lotes de cetonas e liberando energia como um carboidrato.

Esse comportamento diferente das demais gorduras é explicado pela sua estrutura molecular. Enquanto as LCTs (gorduras convencionais) têm entre 16 e 22 átomos de carbono o Óleo MCT tem apenas de 6 a 12 átomos.

Assim, ele é melhor absorvido pela água – que compõe cerca de 70% do nosso corpo – sem a necessidade de passar pelo sistema digestivo e indo diretamente para o fígado.

Lá, os corpos cetônicos fornecem rapidamente energia para os músculos, dão a sensação de saciedade quando chegam ao cérebro, melhoram as funções cognitivas, têm efeito termogênico, etc.

Conheça as principais diferenças entre o Óleo MCT e o óleo de coco

 Agora você já sabe que, apesar das semelhanças, o Óleo MCT e o óleo de coco são dois produtos diferentes.

O óleo de coco é constituído, em sua maior parte (47%), por ácido láurico (C12). Em compensação é pobre em ácido caprílico (7%) e cáprico (6%). Além disso, ele tem o gostinho característico do coco e solidifica em temperaturas inferiores a 25ºC.

O Óleo MCT, por outro lado, nem tem ácido láurico. Em compensação, é composto por ácido caprílico (60%) e ácido cáprico (40%). Ele não solidifica em nenhuma temperatura, não tem sabor nem aroma, tem menos valor calórico e maior solubilidade.

O Óleo MCT é, portanto, ideal para dietas com baixa ingestão de carboidratos, já que necessitam de grandes fontes de energia.

Além de ser uma fonte de energia saudável, ele pode se acrescido a shakes, bulletproof coffees e saladas, estimulando a cetose nutricional.

Assim ele incentiva o uso da gordura como principal fonte de energia para o organismo, ao invés dos carboidratos, aumentando a queima de gordura.

Agora que você já conhece a diferença entre Óleo MCT e óleo de coco, aproveite para incrementar seus treinos e queimar ainda mais gordura. Mas não esqueça de comprar apenas suplementos de qualidade garantida.

Na Fast Nutri você encontra os melhores produtos importados, vários deles exclusivos da loja, sempre com os melhores preços. Venha e aproveite nossas promoções!

 

Deixe uma resposta