Passo a passo para aumentar sua resistência ao correr

Quer melhorar ainda mais sua performance nos exercícios aeróbicos? Praticar corrida antes e/ou depois da musculação é uma ótima forma de perder peso e melhorar o sistema cardiorrespiratório.

Quanto mais você corre, mais resistência consegue para a corrida, mas há várias outras formas de potencializar os resultados, principalmente se você está começando. Então fique ligado nessas dicas e veja esse passo a passo para você mandar ainda melhor na corrida!

Veja o que fazer para melhorar sua corrida

Para melhorar a resistência o ideal é tomar um conjunto de ações que melhorem sua performance ao praticar corrida. Esse cenário deve ser abrangente:

Aquecimento e alongamento

Como qualquer outra atividade física, você não deve começar a praticar corrida sem antes fazer um aquecimento adequado. O ideal, nesse caso, é fazer um aquecimento começando a correr a uma velocidade mais baixa e ir aumentando aos pouquinhos. Ao final, inverta o processo, reduzindo a velocidade até parar completamente.

Da mesma forma, procure alongar braços e pernas, pescoço e coluna, durante cerca de 3 minutos depois da corrida. Para não fazer um alongamento errado, procure a orientação de um profissional. Mas não esqueça que ainda mais importante que o alongamento é o aquecimento.

Faça o treinamento certo para a corrida

Se você praticar corrida para provas, procure fazer o treinamento certo. Mantenha um ritmo máximo em 80% do que consegue fazer nas provas longas, intercalando períodos de caminhadas. Para melhorar sua finalização, eleve o ritmo apenas nos 25% finais do percurso – contanto que não tenha fadiga.

A fadiga atrapalha o ganho de resistência, portanto não insista no treino se o corpo não aguentar mais. Outra pedida é variar o percurso, já que o tédio da rotina também atrapalha no ganho de resistência. Procure também manter a regularidade dos treinos e praticar corrida pelo menos 3 vezes por semana, nem que seja por 30 minutos. Se possível, elabore um plano personalizado com um preparador físico.

Exercicios complementares para praticar corrida

A rotina de treino também pode ser potencializada se você incluir outros exercícios aeróbicos além da própria corrida. Escolha modalidades que tenham baixo risco de lesão, como o ciclismo. Procure pedalar em locais com poucas interferências e paradas, como sinais de trânsito, e tente ficar em uma cadência acima de 90 rpm.

Outro exercício bastante recomendado é o deep running, ou corrida na água. Como é de baixo impacto nas articulações, é ótimo para fortalecer a musculatura, aumentar a flexibilidade e melhorar a postura e as condições cardiorrespiratórias.

Alimentação certa potencializa os resultados na corrida

Uma alimentação saudável e balanceada deve ser preocupação de todo mundo, mas os atletas precisam focar ainda mais nos nutrientes certos para colaborar com o ganho de resistência. O mais indicado é consultar um nutricionista para que seja feita uma dieta individualizada, baseada nos seus hábitos alimentares, nas suas necessidades nutricionais e nos seus objetivos.

Uma boa opção, principalmente no caso de treinos de corrida mais puxados, é o uso de suplementação. Suplementos de qualidade melhoram a performance e potencializam os resultados dos treinos, tanto na hora de praticar corrida quanto na musculação, por exemplo.

Por que a suplementação é tão importante para a corrida

A suplementação adequada, feita com produtos de qualidade e sob orientação de um nutricionista, pode levar muitos benefícios ao atleta, profissional ou amador. Além de potencializar o treino em si com ganho de energia, também colabora para a recuperação muscular. Os suplementos para pré e pós-treino, portanto, podem ter papel fundamental para quem pratica corrida.

Três suplementos são especialmente indicados para corredores, mas devem sempre ser ingeridos sob a supervisão de um especialista. O BCAA, por exemplo, são aminoácidos que colaboram para a redução da fadiga e o aumento de resistência nas provas longas, além de prevenir possíveis lesões.

O óxido nítirico, por outro lado, melhora a resistência adiando a fadiga, permitindo, assim, que o atleta corra por mais tempo sem cansar a musculatura demasiadamente. Já a Maltodextrina é um carboidrato complexo que, por ter absorção gradual, fornece energia durante as atividades físicas de longa duração. O produto reduz a fadiga por liberar glicose gradativamente, ao longo da atividade.

Há vários outros suplementos que também podem ajudar a ganhar resistência ao praticar corrida. Converse com seu nutricionista e descubra quais os mais indicados para o seu caso.

Não se esqueça, no entanto, que qualquer dieta ou consumo de suplementos deve ser acompanhado por um nutricionista. Escolha apenas produtos de qualidade comprovada, como os suplementos da Fast Nutri.

Conhece mais alguma dica para aumentar a resistência na corrida? Conte pra gente a sua experiência aqui, nos comentários!

Deixe uma resposta